28 setembro 2011

por nós. #2


Não queria acreditar quando, já às tantas da madrugada, te vi entrar. Deitaste-te ao meu lado, calado, e ficaste. Eu não disse nada, com medo de voltar a estragar tudo. Adormecemos os dois, e só quando a manhã chegou conseguimos quebrar o silêncio:
- Vieste mesmo! - disse-te eu, de olhos a brilhar.
- Sim.
- Desculpa, e obrigada por teres vindo.
- Estás desculpada, amor. - deu-me um beijo e abraçou-me.

Deixaste o teu orgulho de lado, hoje, e cedeste ao meu pedido. Não podia estar mais feliz.

7 comentários:

mary disse...

oinnn:)

Sil. disse...

que fofinhos :)
como gosto de te ver com esse ânimo mais levantado.. o que o amor nos faz :D
beijãoo suu!

APF disse...

espero que essa felicidade se mantenha*

Incógnita disse...

mesmo doce =)

Niqui disse...

Que ternura :)

Sara Martins disse...

Oh que lindo amor *.* E ainda bem, gosto tanto de saber isso! <3

Sara Martins disse...

Princesa, nem sei que tenho em mim. <3