24 novembro 2011

fuuuuuu!

Parece que hoje todos tiraram o dia para me roubar a paz, essa que eu tanto preservo e respeito. Tal como o meu espaço, que já por si, é muito pequeno. Hoje não consigo respirar aqui. Está cheio de barulho, confusão, quase desfeito, com tanto alarido. Sinto falta de tanta coisa, e sossego, neste momento tornou-se o maior dos meus desejos. A minha cama está ocupada, e os meus ouvidos a rebentar. Por incrível que pareça, queria estudar, e nem isso posso. Levem-me daqui.

Sem comentários: