27 dezembro 2011

Às vezes, demasiadas vezes até, acho que só pensas em ti, no teu bem-estar, na tua felicidade. E que tudo o que eu faço todos os dias, por pensar sempre primeiro em ti e só depois em mim, não vale nem serve de nada. É uma sensação de insignificância que consegue sufocar, matar até.

2 comentários:

Maria Filipa disse...

Essa sensação é muito provavelmente a pior do mundo que nos consegue pôr em baixo em segundos *

Aurora disse...

oh amor, que vocês teem de ser muito fortes<3