10 dezembro 2011

que tormento assistir a isto.

Os problemas aqui em casa são cada vez maiores. Há dias em que parece que está tudo prestes a voltar à normalidade, com as almas mais calmas e onde a conversa até sai fluidamente, mas há outros dias, outros miseráveis dias em que os gritos, a tormenta, a confusão vão destruindo esta família. Mentiras e ameaças, acusações e corações destroçados. Esta família não é minha, mas sei que faço parte dela. Embora cada vez mais sinta que não pertenço aqui, sei que se não estivesse aqui, isto poderia ser bem pior. 

6 comentários:

Flávia Araújo disse...

Muita força*

Flávia Araújo disse...

Não tens nada que agradecer :)

Sil. disse...

Forçaa minha suu :)

Pedacinhos de mim disse...

Muito bom este teu blog, vou seguir. Parabéns :)

Aurora disse...

Oh coração, és adorável e olha, que se passa docinho? Eu quero que te sintas bem nessa casa. Fazes parte, tens de sentir isso <3

Catarina disse...

de nada :3
adoro a tua maneira de escrever, a tua forma de transmitires o que sentes para o papel, é simplesmente adoravel!
continua*