24 maio 2012

Nada do que eu pudesse dizer agora mudaria alguma coisa. A tua falta tem sido notória, e eu tenho sido ridícula por te procurar em todos os cantos desta cidade. Tu não estás aqui, porque hei de eu tentar encontrar-te nas ruas, nos jardins? Resta-me o pensamento que me esperas, e que me queres de volta aos teus braços, rapidamente. Nove dias parece tanto quando se ama.

1 comentário:

Pedacinhos de mim disse...

Luta sempre por o que queres, luta sempre pelos teus sonhos. Gostei do post. Um Beijo e verás quando há amor os dias podem passar mas tudo tem a força para continuar intenso como antes :)*