13 maio 2012

Não tenciono ter mais forças para nadar contra a maré. Parece que já não há nada que nos salve, nem o meu amor por ti.

1 comentário:

Sofia Duarte disse...

Oh querida, não desistas!*