01 julho 2012

Às vezes faz-nos bem cada um virar costas e respirar ares diferentes. A mim, faz-me ter a certeza que não quero, nem te posso perder. Volta aqui, e abraça-me com força.

Sem comentários: