26 setembro 2012

Se já são difíceis estas noites em que te ausentas apenas por umas horas, não consigo sequer imaginar quando fores embora. Vai doer tanto.

Sem comentários: