10 outubro 2012

Daqui a umas semanas tu e a tua família vão embora, vão começar uma vida nova longe daqui. E eu, eu vou ficar. Sozinha. Mais sozinha que nunca. Vou alugar um quarto perto da universidade, e vou tentar fazer novos amigos e sair mais vezes, embora isso não me diga nada, eu vou tentar. Aqui ninguém me cativa, e eu sei que também não faço muito por isso, nunca fui boa na arte de socializar. Prefiro a minha nuvem. Os meus sonhos. Até a minha solidão.
No que toca a nós, não sei o que acontecerá. Tu dizes esperar dois anos por mim. Dizes que me vens buscar, e que me vens visitar sempre que puderes. Dizes também que queres que tudo continue, e que não nos deixemos por causa da distância. Mas eu tenho medo. Não imaginas como estou assustada por ter de viver tudo isto ao mesmo tempo, e sem ti. Não imaginas a dor de ficar e ver-te partir, quando era sempre eu que o fazia. Uma coisa é certa, avizinham-se tempos de tempestade.

3 comentários:

Aurora disse...

Porquê que ele não pode ficar, ele não estuda cá? Princesa, eu só te desejo o melhor e que vocês dois nunca se percam. Não deixem que essa distância vos mate. E, uma coisa é certa: se se amam de verdade, não será a distância que vos irá matar. Cuidem-se bem e nunca desistam. E tu, saí e diverte-te também e faz amigos. É bom conviver e faz-nos bem à alma. Se estivesse aí fazia-te muitas vezes companhia. Te amo <3

Sophia disse...

Vais ter de ser muita forte, tu sabes ... :X Mas tu és forte, já foste tantas vezes forte que não vai ser agora que vais fraquejar.

Podes não socializar por aí, mas sabes que a nós tens nos sempre cá.
Força*

Joana Castro disse...

Princesinha, temos mesmo que conversar. Apressa-te a falar-me .