16 novembro 2012

Não quero pensar em ti. Não quero pensar que existes e que não consegues sequer lembrar-te de mim.

Sem comentários: