13 novembro 2012

O meu sonho de todos os dias é poder voltar ao meu paraíso o mais depressa que conseguir. Ainda me resta um mês de angustia e de espera. Mas conseguirei lá chegar. Gostava que voasses comigo até lá e partilhasses do mesmo sorriso, da mesma felicidade que me transborda, sempre que por lá pairo. Naquele lugar, onde todos os dias são Primavera, e todas as Primaveras são sonhos de arco-iris e de campos de dentes-de-leão e borboletas. O paraíso existe mesmo, e é tão doce.

1 comentário:

Ana Rita disse...

um mes passa depressa, acredita em mim :) és linda!