23 fevereiro 2013

Chegou o dia da partida, meu amor, e consequentemente, o dia da separação. Agora tu ficas, em busca de uma vida, e eu parto. Sem data prevista para o reencontro. Sem esperanças mentirosas no coração. Nós sabemos que vai ser difícil, ou quem sabe, até impossível. Vai doer, e as lágrimas vão cair. A saudade vai matar e o mundo quebrar-se, muitas vezes. Vai ser desesperante, mas, se não conseguirmos, fica na memória o grande amor das nossas vidas. A melhor memória de todas as memórias. Serás eterno aos meus olhos, meu anjo, mesmo que o destino assim não queira. Amo-te.

3 comentários:

disse...

Força. Uma separaçao custa sempre mas nao sabemos o que o futuro nos reserva :)

Aurora disse...

Boa viagem com o coração no sítio <3

daniela fernandes disse...

O mundo dá voltas, numa dessas inúmeras voltas, vocês tropeça um no outro :)