22 março 2013

De repente sentiu-se o silêncio. Sentiu-se a solidão. Sentiu-se a saudade.

2 comentários:

Mel disse...

li isto como se fosse eu que tivesse escrito!

João Pedro disse...

E apertou que fode.