21 março 2013

Sei que mais cedo ou mais tarde irás perder o rumo. Sentir-te desorientado. Confuso. Irás finalmente cair em ti e perceber tudo o que estás a fazer de errado, e que afinal ainda consegues sentir a minha falta. Vais arrepender-te, e vais vir em minha procura. Vais engolir o orgulho, mas nunca pedir desculpa. Porque pedir desculpa deve ser demasiado humilhante para ti, e é algo que te recusas sempre a fazer. Virás em tom de brincadeira, fingindo que nada aconteceu e que nunca nos perdemos. Virás, só não prometo que ainda cá estarei.

Sem comentários: