11 março 2013

Será que tu não tens saudades de acordar comigo, de me abraçares ao abrir os olhos, de me dares um beijo antes de sair? Será que tu não sentes falta da minha alegria, dos sorrisos que partilhavas comigo? Está a doer tanto imaginar que já nem sentes que eu possa ser a mulher da tua vida.

1 comentário:

Violeta Soares disse...

Mas vocês não se falam regularmente pela internet? Julgava que tinhas lá ido como uma primeira de muitas. E ele também há-de vir visitar-te. E mesmo que não seja para breve... Ele não te esquece assim e muito menos esquece o teu amor e tudo o que lhe deste e tudo o que são.
Sei bem que tem um feitio complicado e quando está longe às vezes parece que avaria e fica um pouco mais distante, mas não é por isso que não sente a tua falta. ;)