10 maio 2013

previsível.

Agora que eu já estava protegida e vacinada contra a saudade, e todos os vírus que dela advêm.. tu voltas. Voltas como se nunca tivesses partido. Como se nunca tivesses ignorado as minhas palavras, os meus actos, os meus sentimentos. Voltas como se eu ainda te esperasse, como esperava de todas as outras vezes em que também partiste e voltaste..

2 comentários:

Mia96 disse...

Quando se ama, de verdade, espera-se sempre.. Ainda que algumas vezes inconscientemente

♥ marta. disse...

a isto eu chamo "ter na palma da mão".