19 maio 2013

Stay away.

Espero que quando voltares a Portugal, não te lembres de me procurar. Mantém-te longe da minha morada, que eu assim farei com a tua. És a última pessoa que quero voltar deixar entrar na minha vida. Se partiste, fica onde estás. Não voltes nunca mais. Não me faças ter de te lembrar. Não permito que voltes a ver o meu sorriso, este que demorou tanto a ser verdadeiro, desde o dia em que decidiste ir embora.

Sem comentários: