06 junho 2013

Delete.

Quero destruir tudo o que ainda sinto por ti. Quero queimar os bocados de amor que ainda me restam, atirá-los para a fogueira e esquecer que um dia, foste alguém na minha vida. Eu nunca desejei isto antes. Eu nunca te quis odiar, nunca quis guardar raiva de ti, nem apagar o que fomos. Mas hoje, tudo me parece tão sem sentido, que penso ser a única coisa que me resta. Tu já o fizeste, com toda a determinação. Só falto eu, imaginar que nunca foste o que foste. Que nunca te amei. Que nunca te conheci. 

Sem comentários: