03 junho 2013

Ok, admito. Eu estou em pânico por voltares amanhã, e já ponderei fazer mil coisas. Mas não, vou ficar quietinha. Já não há lugar para mim, na tua vida.

2 comentários:

Lúcia Pereira disse...

por mais que digamos que não nos importamos e que não nos afeta. afeta-nos, e muito

Maria Inês. disse...

é complicado, é muito complicador... este vazio, este espaço vago que está aqui dentro. temos que ser fortes! :) *