02 março 2014

as voltas da vida.

A vida dá tantas voltas, e eu depois da esperança de uma mudança, dou por mim sempre caída e pisada, no meio do chão. A multidão passa e não me vê. Tropeçam, e nem olham para trás. A nossa sociedade é isto, fazer os outros se sentirem mal, para se sentirem melhores.

Sem comentários: