01 março 2014

é hora de voltar..

Voltar aqui, e reler o passado faz-me tanta confusão. Já nada se encontra como eu deixei. Esta casa tem pó, teias de aranha, quadros caídos no chão e memórias que deviam ser esquecidas. No entanto, esta foi a minha casa durante anos. Estas páginas viram tantas lágrimas, tantos suspiros, tanta dor e tantos sorrisos, que acho que está na altura de abrir as janelas, e deixá-la respirar. Pintar as paredes e tirar os móveis do sitio! Acho que está na hora de voltar.

Sem comentários: