26 agosto 2014

O nosso amor ainda é pequenino. Ainda é inseguro e cheio de medos, ainda teme todas as ameaças, ainda receia todos os tremores. Ainda há pouco começou a caminhar, será normal as primeiras quedas. Desejo-nos coragem para enfrentar o futuro, com o tempo tudo será mais bonito. Mais forte. Coragem, meu amor.

1 comentário:

♥ marta. disse...

vai tornar-se grande!