03 janeiro 2015

Ano novo, vida nova. Clichê de sempre, a mesma porcaria de sempre.

Sem comentários: