18 julho 2015

Talvez tu até guardes um orgulho especial por mim, e pela forma doce como eu te amo. E talvez por isso, ou por outra qualquer razão, também tu tenhas tanto medo de me perder.

Sem comentários: